VISUALIZAÇÕES

A MAIOR FONTE DE INFORMAÇÕES DA PMRN

A MAIOR FONTE DE INFORMAÇÕES DA PMRN

VISITE OS 250 LINKS DA PMRN

BLOGS DO PORTAL TERRAS POTIGUARES NEWS

7° BPM(BTALHÃO CEL ANDRÉ FERNANDES

7° BPM(BTALHÃO CEL ANDRÉ FERNANDES
PAU DOS FERROS-RN

CEL ANDRÉ FERNANDES

CEL ANDRÉ FERNANDES
PATRONO DO 7º BPM

terça-feira, 8 de setembro de 2009

OFICIAIS NASCIDOS E QUE ATUARAM/ATUAM NA ÁREA DO 7º BPM


CORONEL AFONSO GOMES FERREIRA, natural de Luís Gomes-RN,, casado com Maria das Graças Gomes Ferreira, pai do major Francisco Alvibá, ex-comandantes das Companhias de Pau dos Ferros, Alexandria e Areia Branca e atual diretor do Penitenciário Mário Negócio em Mossoró. Ele foi interventor do município de Bom Jesus, nomeado pelo decreto nº 5.177, de 9 de setembro de 1969, posse em 10 de setembro e governou aquele município até 9 de janeiro de 1969. Foi delegado de polícia em vários municípios potiguares, entre eles: Luís Gomes )16/2/1970 e Jucurutu (dispensado em 27/06/19570. Faleceu no dia 15 de outubro de 1997


CAPITÃO AGUINALDO PEREIRA DA SILVA, natural de Patu, nascido em 25 de março de 1943, filho de Francisco Simão da Silva e de Dona Carlinda Pereira da Silva. Casou-se em 15 de setembro de 1973, com Dona Antonia Gurgel da Nóbrega Pereira, natural de Caraúbas-RN.

Aguinaldo ingressou na Polícia Militar no ano de 1977, na condição de 1º tenente PM Médico, tendo sido o primeiro Diretor do Hospital do 2º BPM, inaugurado em 9 de agosto de 1977, o qual fez o primeiro parto do HRPM em 9 de agosto de 1978, que teve como primeira paciente a senhora Áurea Isabel da Costa Paiva, esposa do cabo PM Francisco de Assis de Paiva; e no dia 27 de julho de 1978 realizou a primeira cirurgia na paciente Ana Nair da Costa Hermínio, casada, professora estadual, que submeteu-se a uma cirurgia ginecológica e a enfermeira Rita Galdino. Foi transferido para a reserva remunerada em 30 de março de 1989, conforme o BG nº 059, de 31 de março, tendo em vista ter sido eleito vice-prefeito na cidade de Caraúbas, no pleito eleitoral realizado em 15 de novembro de 1988, na chapa encabeçada pelo saudoso Dr. João Marinaldo de Holanda (02/09/1946 – 17/06/1999).

Cursou o Primário no Colégio Diocesano Santa Luzia, em Mossoró. Realizou os estudos secundários nos seguintes colégios: Diocesano Santa Luzia, em Mossoró, Colégio Castelo Branco e no Liceu do Cearense, em Fortaleza. Prestou vestibular no ano de 1967, formou-se em medicina na Universidade Federal de Pernambuco, concluindo em 1972.

Seu primeiro trabalho profissional foi em 1974 a 1975 exercendo os cargos de Médico e Diretor do Hospital Maternidade “Elisa Simões”, em Caraúbas, além de trabalhar como Médico nos municípios de Janduís e Campo Grande, Governador Dix-sept Rosado e Caraúbas. De 1975 a 1976, assumiu o cargo de Diretor do Centro de Saúde de Mossoró, depois assumiu os seguintes cargos: Tenente do 2º Batalhão de Polícia Militar, sediado em Mosoró, Diretor do Hospital Regional do 2º BPM, em Mossoró, Diretor do e Médico da cidade de Caraúbas, Técnico especialista “C”, na Secretaria de Saúde Pública do Rio Grande do Norte.

Em 1988 filou-se no PMDB e foi candidato a vice-prefeito, eleito em 15 de novembro daquele ano. Em 3 de novembro de 1996 foi eleito prefeito de Caraúbas, e tomou posse em 1º de janeiro de 1997, que teve como vice-prefeito o senhor Luciano Augusto da Cruz e em 01 de outubro de 2000 foi reeleito, juntamente com seu companheiro de administração

O Capitão Médico e prefeito de Caraúbas foi assassinado por volta das 22 horas, do dia 8 de novembro de 2000. na RN 1217, quando viajava de Caraúbas para Mossoró, logo após a solenidade de inauguração do escritório local da Coserb, juntamente com sua esposa, Dona Antonia Gurgel, o caseiro Everlândio da Silva, sargento PM Ronaldo Rafael da Silva e o soldado PM Roberto Diniz


TENENTE ANTONIO AGOSTINHO DA SILVA, natural de Upanema, nascido a 13 de janeiro de 1960, filho de Raimundo Agostinho da Silva e de Elzira Medeiros da Silva, casado com Francisca Natavidade Maia Rocha da Silva, natural de Pau dos Ferros, nascida 15 de maio de 1966, com duas filhas: MARIA MICAELY MAIA SILVA (22/5/1986) e BARBARAPAMELA MAIA SILVA (04/03/1990). Ingressou na PM em 4 de novembro de 1984, na condição de aluno sargento, passando pelas graduações de 2º sargento (31/10/1990), 1º sargento (29/8/1996 e subtenente (29/12/1998). Em 2002 foi promovido a 2º tenente e transferido para a Companhia de Polícia Militar de Alexandria, passando a exercer a função de subcomandante daquela unidade policial, passando pelos comandantes: Tenente CARDOSO, Tenente DAVI CAVALCANTE e Tenente HUMBERTO


CAPITÃO ANTONIO MARCOS DE ABREU PEIXOTO, natural de Paraú, nascido a 19 de abril de 1963, filho de Francisco Hildo Peixoto e de Clarice de Abreu Peixoto. Ingressou na PM em 22 de março de 1984, na condição de aluno sargento, concluindo o curso de formação de Sargentos no CFAP, em NataL, RECBENEDO O NÚMERI 90.006 Posteriormente ingressou no quadro de oficiais da PMRN. Em 20 de março de 1997, já no posto de Capitão, através do decreto governamental, Marcos peixoto foi demetido dos quadros da gloriosa e amada Polícia Militar, por ter sido empossado no cargo de delegado de polícia da Polícia Civil-RN, no cargo substituto. Exerceu a função de .....Em 5 de outubro de 2008 foi eleito prefeito do município de Ceará Mirim, na grande Natal, tomando posse em 1º de janeiro de 2009.


CEL BALBINO RODRIGUES, Natural de Canguaretama-RN, nascido a 28 de março de 1955, filho de Severino Balbino Rodrigues e Neusa Targino Alves. Ingressou na PM no dia 11 de março de 1976, na condição de aluno a oficial.. Foi comandante da Companhia da Polícia Militar de Alexandria . Chegou ai topo da Polícia Militar, na condição de coronel exerceu a função de comandante geral no período de 3/10/2003 – 4/3/2005


CORONEL BENTO MANUEL DE MEDEIROS, nascido em 1910 e faleceu no dia 9 de junho de 1961. Ingressou na Polícia Militar no ano de 1931, com 21 anos de idade, como simples soldado. Mal sabia o soldado raso que aquele passo seria o primeiro de uma longa trajetória na gloriosa e amada Polícia Militar do Estado do Rio Grande do Norte que servira como exemplo para duas gerações. Bento Medeiros era pai do atual sub-secretário da Defesa Social, Murílio Pinto de Medeiros e avô do agente da Polícia Civil Maurílio Pinto de Medeiros Júnior. O Coronel Bento, como ficou conhecido, marcou época na segurança do Estado e deixou um legado de conquistas jamais alcançadas por outro oficial de nossa corporação.

Ele interessou pela vida policial depois que o pai dele foi assassinado no ano de 1926, daí o jovem Bento resolveu vingar a morte do pai juntamente com um irmão. Os dois acabaram presos pela vingança. Bento de Medeiros passou um ano e dois meses prelo e quando saiu da cadeia resolveu ingressar na Polícia Militar. Ele sempre observava as falhas na Polícia e pretendia conserta-las. Dois anos depois de sair da prisão ele foi admitido na corporação.

Depois de oito anos na Polícia Militar foi designado para o cargo de delegado de polícia no município de Lajes. Em dezembro de 1940 foi promovido na graduação de 3º sargento PM e foi transferido para a cidade de Pau dos Ferros onde foi delegado de polícia até 1942. De lá seguiu para a delegacia de Goianinha e logo depois pata Pedro Velho quando foi promovido no posto de segundo tenente PM. Até 1956 Bento Manoel respondeu como delegado em mais outras nove cidades. Em Patu, no ano de 1956, quando já era capitão e além de ser delegado de polícia militar, também exercia o cargo de delegado regional com jurisdição em 13 municípios da região Oeste Potiguar.

Em janeiro de 1960 Bento Manoel entrou para a reserva remunerada no posto de tenente-coronel, mas foi promovido a coronel por ter participado do combate a revolução comunista de 23 de novembro de 1935. A partir daí coronel Bento passou a atuar daí coronel Bento passou a atuar diretamente na estrutura da Polícia Civil. Foi delegado da ORDEM Social de 1960 a 1964, na administração do governador Aluízio Alves; chefe da Polinter a 1969; na gestão do Monsenhor Walfredo Gurgel; diretor do Departamento da Polícia Civil, de 1969 a 1987, passando pelas administrações de Mosenhor Walfredo Gurgel, Cortez Pereira, Tarcísio Maia, Lavoisier Maia, José Agripino Maia e Radir Pereira.

Coronel Bento teve uma vida totalmente dedicada as polícias Militar e Civil do Estado do Rio Grande do Norte, deixando bons exemplos, infelizmente, não seguidos pelos nossos atuais oficiais. Coronel Bento passou 15 dias disfarçado de agricultor, limpando de enxada, arranco troco, comendo feijão com toucinho de porco, com uma única intenção descobrir se entre vários agricultores existia um homicida, e depois de uma quinzena de trabalho duro, o criminoso acreditando fielmente que Bento era realmente um agricultor, resolveu dizer de seu segredo, havia assassinado uma pessoa, de imediatamente, Coronel Bento, sozinha, deu voz de prisão ao criminoso. Os de hoje, com curso superior e pós-graduação em universidade de outros país, com armamento de última geração, carro possante e de uma equipe de policiais todos, no mínimo, com ensino médio, não conseguem prender quase ninguém. O DECRETO Nº 12.837 DE 07 DEZ 95, Criou a Medalha do Mérito Profissional Coronel PM Bento Manoel de Medeiros, destinada a premiar membros das Policias Militares e civis do Estado do Rio Grande do Norte, que se destacaram ou venham a destacar entre os demais, de forma eficiente e eficaz no desempenho profissional dentro da atividade policial.


CAPITÃO CÍCERO FRANCISCO CARDOSO, natural de Fortaleza, CE, nascido a 16 de setembro de 1974, filho de Benjamim Soares Cardoso e Luzia Cardoso. Ingressou na PM em 1988, como aluno sargento, concluindo o CFS no Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças, em Natal, posteriormente ingressou no quadro de oficiais de nossa gloriosa e amada Polícia Militar. Ao concluir o Curso de Formação de Oficiais foi designado para servir na Companhia de Polícia Militar sediada na cidade de Patu. Em 19 de setembro de 1999 assumiu a 3ª Companhia de Polícia Militar sediada em Alexandria, recebendo do Capitão Romualdo Borges de Farias e passando o comando para o tenente Davi Alves Cavalcante. Quando assumiu a Companhia de Alexandria galgava o posto de 1º tenente e foi o único comandante da 3ª Companhia de Polícia Militar que realmente colocou moral naquela cidade. Não era caxia, mas tinha moral tanto para os civis, como para os subordinados. Foi promovido a capitão em 21 de abril de 2000. De Alexandria foi transferido para o 6º Batalhão de Polícia Militar, sediado em Caicó.


CINTHA CIPRIANO FAGUNDES DA SILVA, não é da região de Pau dos Ferros, mas tem tudo haver com o Alto Oeste Potiguar e com o Batalhão Coronel André Fernandes, tendo em vista ser oficial da Polícia Militar e filha de um coronem PM, natural de Alexandria. Nascida em Natal a 26 de agosto de 1977, filha de José Cipriano da Silva e de Maria de Fátima Fagundes da Silva. Ela ingressou na PM em 26 de agosto de 1997. na condição de aluna—a-oficial, na Acadamia de Polícia Militar Coronel Milton Freire, em Natal. Foi declarada Aspirante-a-ocial em 2000


TENENTE PM CLODOMIRO SILVESTRE MANIÇOBA, natural de Alexandria-RN, nascido em 31 de julho de 1894, filho de Luiz Silvestre Maniçoba (1856 – 1953), filho de Francisco Pereira Maniçoba (1802 – 1876) e de Laurinda da Costa Maniçoba (1806 – 1884); e de Laurinda da Costa Maniçoba. Ingressou na Polícia Militar do Rio Grande do Norte, no ano de 1923, na condição de soldado, passou pelas graduações de cabo, sargento e subtenente e pelo posto de tenente. Exerceu a função de delegado de polícia dos seguintes municípios: Campo Grande, Patu, Pau dos Ferros e de sua terra natal por duas vezes: de 1935 a 1943 e de 1953 a 1957. Faleceu em Alexandria no ano de 1964


TENENTE DAVI CAVALCANTE, natural de Caicó. filho de Miguel Arcanjo. foi formado na sede do 2º BPM, em Mossoró, na condição de Soldado PM, com o número.... Casado em duas núpcias, a primeiara com Lauria Silveira de Medeiros Cavalcante, filha de Miguel Arcanjo de Medeiros e de Marinete Alves Cavalcante a segunda com Ducilene Alves de Bessa, natural de São Miguel, nascida a 24 de setembro de 1972, filha de Domingos Dantas de Bessa e de Dalvirene Alves de Bessa. Pai de dois filhos: Beatriz Alves Cavalcante, natural de Pau dos Ferros, nascida a 3 de agosto de 1999. Do primeiro matritônio -- DANIELE DE MEDEIROS CAVALCANTE, natural de Caico, nascida a 4 de fevereiro de 1998


ELYAUSE MOREIRA DA SILVA JÚNIOR, natural do Rio de Janeiro-RJ, nascido em 4 de dezembro de 1962, filho de Walter Gadelha e de Maria Terceira de Almeida. Ingressou na PMRN em 26 de fevereiro de 1986, na condição de aluno-a-oficial. Atualmente o então tenente e atual major Eluause exerce a função de subcomandante do 2º Batalhão de Polícia Militar, sediado em Mossoró. Antes havia comandandado, a então 2ª CPM/2º BPM, atual 2ª CPM/7º BPM, sediada em Patu, o 2º DPRE, sediado em Mossoró. Comandou o Pelotão PM de São Miguel, nomeado em 26 de setembro de 1989

TENENTE PM ELOÍSIO LEITE DOS REIS, natural de Martins-RN, nascido a 26 de setembro de 1959, filho de Cícero Eliodoro de Oliveira de Raimunda Lite dos Reis, com 1,60m de altura. Ingressou na PM em 20 de julho de 1981, na condição de soldado com o número 81.418, concluindo o CFSd no 2º BPM, em Mossoró. Em 1982 ingressa no Curso de Formação de Sargentos, realizado no CFAP, em Natal. Exerceu a função de delegado de polícia dos municípios de Itaú, Rodolfo Fernandes, Francisco Dantas e São Francisco do Oeste. Em 2002 passou para o quadro de oficiais de administração. Atualmente dos Reis galga o posto de 1 º tenente PM e trabalha no Batalhão Coronel André Fernandes, sediado em Pau dos Ferros. Casado com MARIA LÚCIA FERNANDES, com os seguintes filhos; ÉRLON LEITE FERNANDES DOS REIS, nascido em 20 jul 1989; ERICLÉCIO LEITE FERNANDES DOS REIS, nascido em 14 abr 1992;ROSANDRO LEITE FENANDES DOS REIS, nascido em 26 jan 1994;ERIFRANKLIN LEITE FERNANDES DOS REIS, nascido em 10 fev 1996;ERICKSON LEITE FERNANDES DOS REIS, nascido em 18 dez 1997;ERICA LUCIANNE LEITE FERNANDES DOS REIS, nascida em 24 jan. 1991.


CAPITÃO ENOCK DE ALMEIDA JALES, natural de Patu-RN, nascido em 28 de abril de 1949, filho de Genuíno Fernandes Jales e de Basílica de Almeida Jales. Foi transferido para a reserva em 11 de novembro de 1988, no posto de Capitão. Ele dedicou grande parte de sua vida à corporação policial, onde atuou como capitão PM, comandando a 1º e a 4º Companhia de Polícia Militar, ambas na época sediada no interior do 2º BPM, em Mossoró. Foi subcomandante da 2ª e 3ª Companhia de Polícia Militar, sediadas nas cidades de Pau dos Ferros e Patu respectivamente. Por vários anos foi titular da 2ª Delegacia de Polícia, no bairro Nova Betânia, em Mossoró. Graduado em Direito pela Universidade Estadual do Rio Grande do Norte, turma de 1980. É professor na Faculdade de Direito-FAD da UERN. Em 1997 assumiu a coordenação da Prática Forense da UERN, substituindo ao saudoso jurista Nehemias da Cunha.


ESCOLÁSTICO MATIAS, natural de Pau dos Ferros, nascido a 16 de fevereiro de 1946, filho de José Matias Nunes e de Maria Ferreira. Policial Militar da PMRN. Foi transferido para a reserva remunerada em 1986, no posto de Coronel PM


TENENTE EXPEDITO FERREIRA DE SOUZA, nasceu em Alexandria, RN, em 24 de fevereiro de 1950, filho de Pedro Ferreira de Souza e de Alzenita Ferreira da Costa. Bacharel em Ciências Jurídicasem Natal. Por concurso público, assumiu o cargo de Juiz de Direito de 1ª entrância da Comarca de Upanema-RN, em 1980, sendo promovido, por merecimento, ao cargo de Juiz de Direito de 2ª entrância da Comarca de Martins, RN, em 1983. Mais uma vez, promovido, por merecimento, ao cargo de Juiz de Direito de 3ª entrância da Comarca de Pau dos Ferros, RN, em 1984. Foi removido, a pedido, ao cargo de Juiz de Direito da 2ª Vara Criminal da Comarca de Mossoró, RN- 3ª entrância, em 1987. Mais uma vez, removido, por permuta, ao cargo de Juiz de Direito da 1ª Vara Criminal da Comarca de Mossoró, RN, -3ª entrância, em 1991. Em data de 16 de junho de 2004, foi promovido, por antiguidade, ao cargo de Desembargador do Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte. Atualmente, é componente da 1ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte, Vice-Presidente e Corregedor do Tribunal Regional Eleitoral. Vitorioso. Por sua inteligência e competência. Pelos ensinamentos dos mestres Meroveu Pacheco Dantas e padre Sátiro Cavalcanti Dantas, considerados pelo magistrado os “transmissores de conhecimentos para toda a vida, válidos em minha caminhada pessoal e profissional”. Portador de uma carreira brilhante bem sucedida, tanto como oficial da gloriosa e amada Polícia Militar, como Juiz de Direito, presidente do Fórum Municipal Desembargador Silveira Martins, em Mossoró, como Desembargador e agora presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte, cuja carreira foi iniciada nos bancos da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), onde graduou-se em Direito. Depois, aprovado em concurso público para o cargo de juiz de Direito do Poder Judiciário do Estado, emprestou o seu talento para as comarcas de Upanema (1980-1983), Martins (1983-1984) e Pau dos Ferros (1984-1987), até desembarcar em Mossoró em junho de 1987. Aonde, atuou como juiz de Direito das 1º e 2º Vara Criminal, onde permaneceu até 2004. Saiu para ascender ao posto de desembargador do Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte, onde é componente da 1º Câmara Cível. Alexandriense de nascimento e mossoroense por adoção. Em 30 de agosto de 2008 desembargador Expedito Ferreira assume a presidência do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN). Mais um degrau na sua carreira a serviço da Justiça. e Sociais, pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte, em 1979. Antes de ingressar na magistratura, fez curso de Formação de Oficiais, ocupando a função de 1º Tenente da Polícia Militar do Rio Grande do Norte, onde foi Delegado de Polícia em vários municípios, inclusive Delegado de Investigações, Vigilância e Capturas em Natal, Delegado de Roubos, Furtos e Defraudações

TENENTE PM FERNAME FORMIGA DA SILVA, natural de Coremas-PB, nascido em 11 de abril de 1955, filho de Cícero Arcenio Formiga e de Ropsa Ana da Conceição.. Ingressou na PMRN em 27 de fevereiro de 1776, na condição de Aluno-a-oficial.

Capitão FRANCISCO BEZERRA CARLOS, natural de Frutuoso Gomes, nascido a 14 de agosto de 1931, filho de Januncio Carlos Maia e Maria Amélia. Ingressou na Polícia Militar em 1º de fevereiro de 1952. Em foi declarado aspirante-a-aoficial no dia 27 de junho de 1957, segudo tenente em 22 de outubro de 1958, primeiro tenente em 31 de outubro de 1958 e capitão em 20 de abril de 1961 e major em 16 de abril de 1969. Em 11 de fevereiro de 1976 foi transferido para a reserva a remunerada, Foi o oficial da Polícia Militar do Estado que perderou pelo maior tempo comandano o 2º BPM, em Mossoró, no período de 14/12/1962 a 19/11/1972.


TENENTE FRANCISCO DE ASSIS GURGEL, natural de Umarizal-RN, nascido em 25 de fevereiro de 1961, filho de Manuel Fernandes de Amorim e de Ligia Gurgel de Freitas, ingressou na PM em 15 de outubro de 1982, como Soldado, em seguida concluiu o curso de Cabo e em 6 de junho de 1987 ingressa no curso de Formação de sargentos, no CFAP, em Natal concluindo em 11 de dezembro de 1987. Em 2002 foi promovido no posto de 2º tenente PM, após concluir o Curso de Habilitação de Oficiais, na APM “Coronel Milton Freire”, em Natal


TENENTE FRANCISCO FERREIRA PIRES, natural de Alexdandria, nascido a 1º de setembro de 1988, filho de Antonio Ferreira Pires (falecido em 1917, com 37 anos de idade) e de Olinta Ferreira Pires, esta natural de Martins, nascida a 15 de julho de 1884 e faleceu a 23 de setembro de 1948, filha de João Tomaz Ferreira e de Avelina Ferreira Betro. Casou-se em 5 de fevereiro de 1944, com Maria de Lourdes Pires Cruz, nascida a 25 de julho de 1908, filha de Agostinho Teotônio da Cruz e de Joana Felismina da Cruza, cujo matrimônio foi realizado pelo Dr. Jaime Jenner de Aquino, Juiz de Direito da Comarca de Pau dos Ferros, na residência do senhor João Tomaz, oficial de Justiça de Pau dos Ferros. Foram ttestemunhas dos nubentes: Moacir Henrique Arnoud e Francisco Lázaro dos Santos. Ingressou na PMRN em 1921, na condição de Soldado PM. No ano em que se casou-se galgava a graduação de sargento e se transferindo para a reserva em 1951, no posto de tenente. Faleceu em sua terra natal a 8 de agosto de 1989


CORONEL FRANCISCO CANINDÉ DE FREITAS, natural de Pau dos Ferros, nascido a 19 de abril de 1960, filho de Luiz Gonzaga de Freitas e de Adalgisa Fernandes de Freitas. Ingressou na PM RN em 21 de fevereiro de 1979. na condição de aluno-a-oficial. Fpoi comandante do 23º BPM, sediado em Mossoró, do 10º BPM, em Assu e comandante do Comando de Policiamento do Interior


CORONEL FRANCISCO FERNANDES DA SILVA, natural de Luís Gomes, nascido a 24 de novembro de 1935, filho de Teófilo Eduvirgens da Silva e de Maria Fernandes da Costa. Coronel da reserva da PMRN desde 18 de junho de 1988, através dp ato govermental assinado pelo governador Geraldo Melo, publicado no Diário oficial, edição nº 6.827. Francisco Fernandes ingressou na PM no dia 1º de fevereiro de 1957. Foram mais de três décadas de serviço ativo dedicados a corporação. Nos longos anos, durante a sua trajetória policial militar bem sucedida, assumiu várias funções importantes na Polícia Militar, destacando-se dentre outras, o Comando de Policiamento da Capital, o qual comandou com serenidade e com grande sucesso. Oficial leal, amigo, honesto, discreto e cumpridor de suas obrigações


TENENTE FRANCISCO MARCELINO DE OLIVEIRA, natural de Pau dos Ferros, nascido a 28 de março de 1851 e faleceu em Mossoró no dia 23 de outubro de 1931. Era casado com dona Antonia Marcelina. Seu filho Marcelino Francisco de Oliveira, nascido a 22 de maio de 1976 e falecido em 7 de abril de 1937 foi prefeito de Pau dos Ferros, no período de janeiro de 1934 a fevereiro de 1935


CAPITÃO GERALDO BENTO DE SOUZA, natural de Natal, filho de Luiz Bento de Souza e de Rita Felix de Souza. Casou-se em 9 de maio de 1955 com Francisca Leni de Araújo, filha de Isabel Pinheiro de Araíjo. FALECEU EM 1975, APÓS TER SOFRIDO UM PROFUNDA CUTILADA DE FACA-PEIXEIRA, desferida por um débil mental na cidade de Pau dos Ferros, quando exercia as funções de Delegado de Polícia e de comandante da 2ª Companhia de Militar de Pau dos Ferros


CAPITÃO GERALDO LAURENTINO DA SILVA, natural de Alexandria-RN, nascido em 19 DE ABRIL DE 1927 e falecido em12 de fevereiro de 2005, filho de Antonio Laurentino da Silva e de Ester Carrido de Freitas. Ingressou na PM no ano de 1943 e transferido para a reserva remunerada em 15 de junho de 1983. Em 3 de setembro de 1959 instalou o CBOM-RN, juntamente com o Major José Osias da Silva, natural de Caicó-RN, nascido em 14/10/1919 e falecido em 1994, filho de Joaquim Pereira da Silva e de Severina Brito da Silva do CBOM da Guanabara, atual Rio de Janeiro


CORONEL RR GLICERIO EDVIRGES DA SILVA, natural de LUÍS Gomes, nascido a .. Ingressou na PMRN em. Por vários anos comandou a então 3ª Companhia Independente de Polícia Militar, atual 8º Batalhão de Polícia Militar, sediado na cidade de Nova Cruz. Em 5 de outubro de 2008 tentou chegar na política de sua terra natal, candaditando-se ao mandato de vereador com o número 40111, não conseguindo se eleger, ficando na segunda suplência, com 275 votos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PORTAL PORTAL TERRAS POTIGUARES NEWS

PORTAL PORTAL TERRAS POTIGUARES NEWS
O RN PASSA POR AQUI! @ A MAIOR FONTE DE INFORMAÇÕES ANTIGAS E ATUAIS DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE, CRIADO A 28 DE DEZEMBRO DE 2008, PELO STPM JOTA AMARIA, COMA COLABORAÇÃO DE JOTAEMESHON WHAKYSHON, JULLYETTH BEZERRA E JHOTA JÚNIOR, COM 17 BLOGS E 1483 LINKS

Quem sou eu

Minha foto
Jose Maria das Chagas, nasci no sítio Picada I. em Mossoró-RN,filho do assuense MANUEL FRANCISCO DAS CHAGAS e da mossoroense LUZIA FRANCISCA DA CONCEIÇÃO, com 14 irmãos. Ingressei nas fileiras da gloriosa e amada Polícia Militar do Rio Grande do Norte no dia II-VII-MCMLXXX com o número 80412. Casei-me em XV-IX- MCMLXXXIII com a apodiense MARIA ELIETE BEZERRA (XXIII-VIII-MCMLXIII), pai de 5 filhos: PATRÍCIA ( NASCIDA A XVII - VIII - MCMLXXXIII FALECIDA EM VIII - XI - MCMLXXXV), JOTAEMESHON WHAKYSHON (I - X - MCMLXXXVI), JACKSHON (FALECIDO) E MARÍLIA JULLYETTH (XXIX - XI - MCMXC).Atualmente convivo com outra apodiense KELLY CRISTINA TORRES (XXVIII-X - MCMLXXVI), pai de JOTA JÚNIOR (XIV - VII - IMM). JÁ PUBLIQUEI TRÊS TRABALHOS: CHIQUINHO GERMANO -A ÚLTIMA LIDERANÇA DOS ANOS 60 DO SERTÃO POTIGUAR, COMARCA DE APODI EM REVISTA e A HISTÓRIA DA COMPANHIA DE POLÍCIA MILITAR DE APODI

Minha lista de links

LINks